descarte de óleo - purificatta

A importância do descarte de óleo adequado

Você sabe a importância do descarte de óleo correto? Por seus efeitos danosos à rede de esgoto e ao meio ambiente, o óleo de cozinha não deve jamais ser jogado na pia ou nos bueiros. O produto deve ser armazenado e encaminhado para a reciclagem.

Mas você sabe o que fazer com o óleo de cozinha usado? Como armazená-lo para reciclagem? Veja, em seguida, por que é tão importante fazer o descarte de óleo corretamente.

Entenda por que o óleo não deve ser jogado na água

Em primeiro lugar, você precisa saber que os óleos são formados por substâncias insolúveis em água (lipídeos). Também conhecido como óleo vegetal, esse líquido é uma gordura extraída, em sua grande maioria, das sementes das plantas. A diferença tem relação com a temperatura: a 25°C, o óleo vegetal é líquido e a gordura é sólida.

Os óleos extra virgens ou virgens precisam apenas de uma filtração para que as partículas sólidas sejam retiradas após o processo de prensagem. Já o óleo bruto é extraído por meio de um solvente e passa por muitas outras fases para ficar pronto.

descarte de óleo - purificatta

Evite entupir os encanamentos

Essas substâncias não podem ser jogadas em pias, bueiros ou ralos porque podem entupir os encanamentos e também poluem a água. A gordura acumulada nos canos das residências vai parar na caixa de gordura, que armazena a gordura proveniente das pias.

Quando isso ocorre, é necessário um processo trabalhoso para limpar a caixa de gordura e o encanamento, aumentando em até 45% o custo do tratamento do esgoto. Sem contar que a sujeira atrai insetos, baratas e ratos.

A outra parte do óleo descartado que passa pelos encanamentos e não fica retida na caixa de gordura pode seguir para uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) ou diretamente para os rios ou o mar. O óleo misturado com água e outros resíduos passa por uma rede coletora, e dessa forma, pode obstruir o fluxo de esgoto.

Na natureza, o óleo altera o pH e provoca a diminuição de oxigênio dissolvido na água, por meio da atividade de micro-organismos que degradam o óleo e ao mesmo tempo consomem muito oxigênio, levando à morte da fauna aquática. Apenas um litro de óleo despejado nos rios polui até um milhão de litros de água. Além disso, o óleo contamina o solo e o lençol freático e também o impermeabiliza, causando enchentes.

Esses alagamentos vão espalhar os resíduos do óleo e com o calor e se transformar em gás metano, que favorece o efeito estufa e, consequentemente, o aquecimento global.

Saiba o que fazer com o óleo de cozinha

Mas o que você pode fazer com o óleo de cozinha? Após utilizar o óleo de fritura velho, você pode armazená-lo em uma garrafa PET. Utilize um funil para facilitar a entrada do óleo na garrafa. Se houver resíduos de comida, peneire-o. Lembre-se de fechar bem as garrafas para evitar vazamentos, mantendo o produto também fora do alcance de crianças e animais de estimação.

Após preencher algumas garrafas PETs, procure empresas e ONGs especializadas neste tipo de coleta seletiva. Procure saber o local mais próximo de sua casa e informe-se sobre quantos litros são necessários para realizar a entrega. Muitas empresas, escolas, ONGs e associações comerciais dedicam-se a essa coleta.

descarte de óleo - purificatta

O óleo descartado corretamente é utilizado na produção de biodiesel, sabão, tintas a óleo, massa de vidraceiro e outros produtos. Isso economiza matéria-prima, incentiva a reciclagem e preserva o meio ambiente.

Existe também a possibilidade de armazenar uma determinada quantidade de óleo (preferencialmente em uma garrafa PET) e fabricar o seu próprio sabão caseiro feito de óleo de cozinha.

Veja como a coleta pode ser feita em condomínios

Em condomínios, o problema de descarte de óleo é ainda pior, pois também gera prejuízos financeiros e transtornos para todo o prédio, já que o óleo danifica e entope as tubulações.

O síndico pode aprovar em assembleia a coleta seletiva do óleo e iniciar uma campanha de conscientização sobre o assunto. Chamar uma ONG para falar por 10 ou 15 minutos sobre o assunto também ajuda bastante. Ele também pode conseguir encontrar uma ONG que se responsabilize por fazer a coleta do óleo no condomínio regularmente.

Os moradores devem perceber que o condomínio também vai economizar no médio e longo prazo – com cuidados em relação ao encanamento e à limpeza da caixa de gordura, por exemplo.

Também é interessante montar uma comissão de sustentabilidade para cuidar de ações no condomínio como coleta seletiva, uso consciente da água e a troca de lâmpadas comuns pelas de LED.

Dessa maneira, isso contribui para aumentar o engajamento dos moradores.

descarte de óleo - purificatta

Cuide também da qualidade da água

Outra ótima forma de contribuir para a qualidade de vida dos condôminos é utilizar as estações de água compartilhada, que oferecem água de qualidade a um preço mais acessível. A Purificatta é uma empresa pioneira no Brasil no setor das chamadas estações de purificação de água coletivas – muito comuns nos EUA e na Europa.

Uma das grandes vantagens da máquina de purificação é a economia. A água tem custo até 60% menor em comparação com a água mineral. A fim de garantir a qualidade do produto, a máquina possui seis filtros de purificação.

A instalação e manutenção ficam por conta da própria empresa. Além disso, o usuário pode reutilizar os recipientes, reduzindo assim o descarte de lixo plástico e ajudando a preservar o meio ambiente.

Gostou desse artigo sobre descarte de óleo? Então fique de olho em nosso blog para mais conteúdos como este!

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Assine nossa Newsletter!

Leia Também